Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nudez d’alma

Sempre qu’as mãos do céu passeiam sobre o sol,
levantando aquele incenso de maresia viandante,
um perfume na boca da noite, em forma d’ anzol,
deita em meus sonhos, rouba o segredo distante!

Docemente se revela tudo que minha alma sente,
em sua cândida nudez se veste da sutil candura,
que  perfuma com perfume a rosa virgem celeste,
e bebo nos espaços amorosos teu amor e ternura!

Dulcíssimo vulto vem da lua a mim se chegando
e nessa dança sou muitas pétalas t'entranhando,
ao toque dos suspiros que te fazem tão presente,
chegando do nada para tudo reluzir plenamente!

D’uma límpida frescura, exclusiva paz d’encanto,
brota um rio inusitado de misterioso magnetismo,
unindo melodia às cores, voz às luzes, no istmo
onde nós,a corpo e alma desnudamos nosso manto!

Santos-SP-14/07/2006
Inês Marucci
Enviado por Inês Marucci em 14/07/2006
Código do texto: T193898
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Inês Marucci
Santos - São Paulo - Brasil, 54 anos
584 textos (23406 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 18:00)
Inês Marucci