Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Rubro Crepúsculo

Sentado na sala das muitas idades
Com a janela da alma para oeste
Um belo crepúsculo acontece
Trazendo às mãos inúmeras verdades

O astro não mais me aquece
O corpo esfria junto da noite
E a mesma nos olhos me escurece
Com branco da lua tomando a pele

E cerro minhas janelas da c'alma
Fitando o forte esplendor rubro,
Chama final do meu próprio crepúsculo,
Um esplendor de todo o meu amor

E nessa nova noite nada breve
De duas luas de Ismália, o fogo pereceu
E o corpo é uma branca e fria neve
Mas o sopro da vida paira como uma pluma leve...
Augusto Sapienza
Enviado por Augusto Sapienza em 01/08/2006
Reeditado em 01/08/2006
Código do texto: T206486

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Augusto Sapienza
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 33 anos
52 textos (2158 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 00:34)