Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CARA-METADE


Ah!, minha cara...
Com é bom ficar contigo
Face a face.
Fico todo esquisito
Lambido
Mordido
Moído.
De tão possuído
Um frison me invade.

Ah!, minha cara...
Quero morrer de amor
Dos meus olhos não te afaste.
És meu estomago
Meu pulmão
Meu fígado
Meu baço
Meu sexo
Mina cara-metade.
Gilio de Hollanda
Enviado por Gilio de Hollanda em 04/08/2006
Código do texto: T208965
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gilio de Hollanda
Anápolis - Goiás - Brasil
57 textos (2481 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 05:05)
Gilio de Hollanda