Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Carrocel de emoções

Vislumbro a estrada
está cheia de desejos e sonhos
que há muito não encontrava.
Cada centímetro de estrada
expunha parte de teu corpo
como se fossem abrindo
os botões de tua camisa.

Sons estranhos!
Comuns e incomuns
povoam o ar pavoneando em minha mente.
Acoplada, parte integrante totalmente integrada...
penugens coloridas
farfalham em meu corpo.

Me sinto morta
frente a frente com uma fonte incomensurável de possibilidades.

Corpo quente!
Desejo ardente!
Sangue fluente com fluxo incerto!

Perto!
Perto!
Perto bem perto
gemia minha carne tremendo de dor.
A dor mais funda do mundo.
A dor mais terna e difusa.
A dor dói,
doída,
doida, enlouquecida e ensandecida.

Sei que o universo consiste desse momento e é isso,
só isso o que eu quero pensar agora!
É isso, só isso que me move agora!

O universo!

Esse universo!

O universo que se torna real na existência de nossos sonhos,
na força, pressão e desejo dos momentos por nós construídos
e/ou em construção.

Os sentidos me guiam como setas
que me mostram o caminho.

O teu caminho!

Céu de extremo azul
fantasia em corpo nu!
Promessa de sonho encantado,
gemendo,
pedindo,
invadindo os espaços!
Terra de fogo, vento e paixão.
Violência ofegante!
Treme bases.
Quebra muros.
Eleva-se junto com o meu tesão!

Alça-se  ao vôo em céu risonho
Busca doída de paixão.
Carne sangrando
peito ardendo
velocidade com toda paixão.

E ao final desse caminho
descubro outros sinais de meus sentidos
e, com carinho amigo,
abro outra porta em meu EU.








Simone Carneiro
Enviado por Simone Carneiro em 07/08/2006
Reeditado em 08/08/2006
Código do texto: T210787

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Simone Carneiro
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 48 anos
161 textos (8347 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 18:55)
Simone Carneiro