Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quem Sou eu divagações

 
Queria ser da maneira mais simples
Queria não ser sensível
Queria ser interessante como os machistas
Queria não ser poeta, não entender Schopenhauer

Queria não idealizar o feminino
Queria não saber o que pensas a meu respeito
Queria não filosofar acerca do amor
Queria não falar e não fazer
Lembrar do que eu dissera na embriaguez

Queria a sinceridade humana mais sincera
Queria não fazer análise tão profunda
Queria não entender o nada
Não sentir o mundo com um sabor universal
Queria pensar minúsculo
Não ser bronco com as palavras

Queria acertar na primeira vez
Apagar-me e ser aceso por ti
Não absorver Pessoa
Queria não saber quem sou
Queria não amar o silêncio
Nem ser transcendental
Queria apenas ser eu
Nem mais, nem mal
Para que assim, eu pudesse ser cmpreendido
na minha múltipla carência
lucheco
Enviado por lucheco em 23/08/2006
Reeditado em 10/06/2007
Código do texto: T223421
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
lucheco
Volta Redonda - Rio de Janeiro - Brasil, 37 anos
128 textos (62089 leituras)
6 áudios (1218 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 03:01)
lucheco