Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TERMO DE VIDA

TERMO DE VIDA



      Por minhas mãos
      Derramam palavras...
      Que desfilam por minha mente
      Em vultos enfileirados
      Com lâminas afiadas
      Sangram-me a carne no ardor
      Que resisto, em auge do calor
      De sentimentos dementes
      De pensamentos mórbidos
      Sórdidos, pálidos, cálidos...
      Debalde, fujo em rabiscos
      Mas minha mente é audaz
      Julga-me, apontando o tempo atrás
      Mostra-me o compromisso assumido
      De vestir as palavras na alma,
      E expressá-las em vez de temê-las
      Aqui e ali, eternizando-as
      Ao pretenso suicida, buscando solução
      Em vil sentença de vida,
      Que perdeu a completa razão
      Em fio apenas de centelha divina
      Em confusão, em muita ou nehuma emoção
      Em minha mente figuras etéreis...
      Mostram-se em corpos desnudos
      No entardecer em desolação
      Num mutismo feroz
      Lançam-me olhares
      Invadindo meu quarto de hora, vazia
      Calçam-me as palavras
      Como luvas, em sintonia
      Expressam o meu derradeiro instante
      Será meu, ou de outros viajantes?
      O pensamento que na noite vagueia
      Em busca de sangue quente...
      encontra gélido sepulcro,em lamento
      Fim de vida...início de tormento...

      DIANA LIMA, Itanhaém/SP, 23/11/2004
Diana Lima
Enviado por Diana Lima em 06/06/2005
Código do texto: T22583
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Diana Lima
Santo André - São Paulo - Brasil
152 textos (52793 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:28)
Diana Lima