Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AO ALCANCE DOS SONHOS


Não enlace os sóis com anzóis de ilusões
Nem ancore o barco em porto distante
Geografia de sonhos à luz do horizonte
Mais perto é a vida e maiores são os barcos
De velas hasteadas a pássaros alados
Comandam os mares, migram pêlos ares
Voam sobre as ondas de espuma infinita
E cantam seus sonhos sob a luz das manhãs

Não enlace as cores das flores da ilha
Nem peça aos outros que a façam também
São perfumes de flores de mulheres de bem
São enfeites de suas filhas que brincam de roda
E que falam sobre moda com os pés no chão
Meninas são jóias de perolado sorriso
São brilhos despidos da vaidade das telas
Melhor é a brisa, é o mar, é sentir mais o céu
E não gastar tantas tintas com barcos ao léu.
























 
pássaro poeta
Enviado por pássaro poeta em 08/09/2006
Código do texto: T235777

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
pássaro poeta
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
535 textos (101597 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 20:12)
pássaro poeta