Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

o escritório

as caras riem
do que não gostam
choram porque às vezes gostam
daquilo que as entretêm
não sabem o medo que têm

olham-se com sutileza
procurando por alguma coisa
que esteja debaixo da mesa
ou só para aceitação mútua
sabendo de antemão
com que tipo de intenção
deverão procurar

sobre a mesa de trabalho
os papéis estão cheios de letras
sopradas pelo vento frio
do aparelho de ar condicionado

está tudo combinado:
não devemos chegar
a lugar algum


Rio, 13/09/2006
Aluizio Rezende
Enviado por Aluizio Rezende em 17/09/2006
Código do texto: T242712

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aluizio Rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
6596 textos (144491 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 13:27)