Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Destino


Quem sou eu,
além de uma espectadora
da minha própria vida,
iludindo-me que posso nela atuar?
 
Não sou única
nesse caminhar eterno.
Venda nos olhos
e estrada tortuosa conduzem
o vazio da alma,
que busca, insistentemente,
 se encontrar.
 
Outros mundos povoam meu mundo incerto.
 
Trazem, para minha existência,
novos percursos,
sem registro ou mapa,
não indicam onde tanta experiência
pode me levar.
 
Interferem  no meu desejo,
modificam minhas escolhas,
retalham minha vontade.
Na verdade:
inspiram, renovam,
abrem novos horizontes
para mim.
 
Insisto.
Nunca desisto.
Novos rumos traço.
Sigo, com firmes passos,
num misteroso existir,
mesmo que não seja
deste modo, sempre assim...
 
SueliFajardo
Enviado por SueliFajardo em 11/10/2006
Código do texto: T261586

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
SueliFajardo
Jandaia do Sul - Paraná - Brasil
942 textos (29987 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:50)
SueliFajardo