Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Interface.




O sono do espírito
Deixou o destino
Na saga da vida.

A vida no seu contexto
Desembarcou um sonho adormecido
Quando o peito provido
Da força do amor
Arrancou labaredas de fogo
Numa paixão louca
Em que uma mulher
Também era transcendida.

Há uma eclosão de sentimentos
Onde a fantasia de um delírio
Evocada pela paixão
É cantada em prosa e verso
Numa concepção astral.

Na implosão do corpo
Que rompeu o tempo
Rebuscando esse amor
Que era retido para suportar
Uma verdadeira mentira
De não dizer
Que já amava
Uma mulher do passado
Antes de entender
A vida e o amor.
Condor Azul
Enviado por Condor Azul em 14/10/2006
Código do texto: T264308
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Condor Azul
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 54 anos
722 textos (26305 leituras)
1 áudios (175 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 12:35)
Condor Azul