Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Travo Gostoso

urdida na trama
na trama urdida
toda na cama
descontraída

          devassa do avesso
          te desconheço
          do avesso devassa
          tinta sem graça

sorriso sublime
sublime sorriso
já vi esse filme
tudo é improviso

          a fala fingida
          descomprometida
          fingida a fala
          a voz que se cala

a boca que mente
quem mente é a boca
que finge que sente
porém não é louca

          orgulho indomado
          amor disfarçado
          indomado orgulho
          me faz de entulho

cabeça não cede
não cede a cabeça
às vezes me pede
que eu desapareça

          a bolha de fel
          o poço de mel
          o fel de uma bolha
          que é a minha escolha

gata selvagem
selvagem a gata
crio coragem
quando ela me mata

          se diz que não vem,
          eu choro, porém
          se vem e não diz,
          eu fico feliz

seu cheiro me chama
me chama seu cheiro
meu corpo se inflama
e vai por inteiro

          tudo é vontade
          traz a saudade
          vontade é tudo
          eu não me iludo

e assim vou seguindo
vou seguindo assim
você me fugindo
fugindo de mim

          fútil guarida
          vida esquecida
          guarida fútil
          desejo inútil


Rio, 05/05/2006
Aluizio Rezende
Enviado por Aluizio Rezende em 23/10/2006
Reeditado em 23/10/2006
Código do texto: T271108

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aluizio Rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
6596 textos (144478 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 10:25)