Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quando me deito II

Quando alta noite me deito

E começo a pegar no sono
Sinto de leve um abandono,
Minh’alma sai para explorar
Mundos impossíveis de visitar...

Os meus olhos vão com ela,
Vai a vontade de me libertar...
Fico e observo duma janela
Minh’alma a se distanciar...

Ela é um item da Relatividade,
Para ela não há esquecimento,
Do passado vai, sem dificuldade,
Ao futuro, se lhe der contento...

Certa vez, em suas veleidades,
Ela encontrou os extra-seres,
Difusos, cheios de bondades,
Cheios de essências, de poderes...

Podiam sarar a dor humana,
E dar sentido ao nosso viver,
Ao coração só, de quem ama,
Que de solidão vive a sofrer...

Ela sentiu incomum felicidade,
Numa áurea de nuvens diluídas
Sentiu que não estava perdida,
E pediu, “Levem-me a eternidade!”

E os singelos anjos disseram
Gentilmente, “terás que voltar...”
E ela viu que se entristeceram,
Porque eles a queriam levar...

Surgiam, á distancia, raios solares
E àquela realidade se desfazia,
Como num sonho, tudo se repartia,
Sob a calma de meditativos olhares...

Ela viu-se em veloz retroceder
Enquanto sentia grande comoção
A observar devagar desaparecer
Os extra-seres de olhos de solidão...

...........................................................

Sentiu calor, sentiu que era o sol
E percebeu que a pouco seria dia
Já sublimava o diminuto o arrebol
E que longe o meu ser se remexia...

Senti a cama, percebi-me a acordar,
As pálpebras começaram a tremer...
Mas minh’alma não quis retroceder
E até hoje anjos vive a procurar...
Sebastião Alves da Silva
Enviado por Sebastião Alves da Silva em 26/10/2006
Reeditado em 29/10/2006
Código do texto: T273904
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sebastião Alves da Silva
Imperatriz - Maranhão - Brasil
687 textos (27272 leituras)
2 áudios (87 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:34)
Sebastião Alves da Silva