Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Revolto Mar

As procelas eram muralhas
e os ventos eram a própria fúria
das tormentas, no imenso volume
da matéria dominante...

Numa solicitude e pequenez
em meio a gigantesca aflição,
vi o desespeto e horror
estampado nas faces
Eu!? Apenas um ser pensante...

As descargas elétricas
vinham do ar...
Céu cinzento, enevoado
cujos luzentes coriscos,
eram estorvos a paixão esperançosa
com seus trovões e ariscos...

Os mares tanto revoltos
de ondas a encrespar,
abriam-se grandes abismos...
Os elementos pareciam aflitos
...desesperados e revoltos...
É assim a lei da natureza
em tempestade: a Revolta dos elementos.

          Manoel Vitório     08/02/1982 ( ano que escrevi)
Manoel Vitorio
Enviado por Manoel Vitorio em 03/11/2006
Código do texto: T281033
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Manoel Vitorio
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 60 anos
4783 textos (175110 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 09:36)
Manoel Vitorio