Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

INSÔNIA (Lombisomem)

                           

       Noite escura, sombria.

Lá fora apavorante,
O uivar dos cães
Na calada da madrugada.

       O vento gemia por entre as árvores.

No ar,
O cheiro de enxofre
Espalhava-se pela rua afora.
                               
       No pensamento,
       O medo de cada ruído que ouvia.

Atento em sua cama,
Não podia dormir;
Os pesadelos logo vinham.

       Na esquina passara um bicho,
       Preto, feio e peludo.

Oh! Triste noite de insônia.
Afonso Silva
Enviado por Afonso Silva em 10/11/2006
Reeditado em 12/11/2006
Código do texto: T287420

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Afonso Silva
Foz do Iguaçu - Paraná - Brasil
402 textos (141730 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 12:49)
Afonso Silva