Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Perdão

No vale da morte
Serei eu a tua sorte
De joelhos sem perdão
Olha todos lados
Os cantos fechados
Só a mim a passagem
Mesmo limpando o cuspe
Escorrido da cara
Na soberba das vontades
Esnobasse o amor
Em braços sem ardor
Entregasse a vida
Agora o frio do deserto
Congela eternamente
A clemência ora tardia
Não dou ouvido
Seguro a mão súplica
Beijo a boca que escarra
Das trevas amor lampião
Paixão que não se apaga.


Jamaveira
Jamaveira
Enviado por Jamaveira em 12/11/2006
Reeditado em 12/11/2006
Código do texto: T289032
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jamaveira
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 62 anos
1943 textos (96000 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 12:16)
Jamaveira