Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VIVER

Viver,viver,viver
O vazio, o espaço
Sem espaço
A vida sem vida
No descompasso
A paz ameaçada
E tanta gente discriminada.

Viver, viver, viver
Voar no etéreo
Num mundo estéril
Mascarar as aparências
Apesar das evidências
viver a fantasia
Envolto na melancolia.

Viver, viver, viver
Buscar o distante
Num passado
Num futuro remoto
Quando há instantes
De tanta vida
A ser vivida.

viver, viver, viver...
Quão complicado
É o homem
Querer de tudo
Uma explicação...
Ser brutal, inconstante
Causador da destruição.

Poema escrito em 28/10/2000.
GENERINO GABRIEL
GENERINO GABRIEL
Enviado por GENERINO GABRIEL em 21/11/2006
Reeditado em 18/02/2013
Código do texto: T297420
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GENERINO GABRIEL
Juazeiro - Bahia - Brasil, 47 anos
39 textos (2758 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 02:49)
GENERINO GABRIEL