Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Refletindo

O banco, o sol, o verde do capim,
(todo) um arco-íris só pra mim
um (belo) passarinho vem trazer.
Me perco nesse lindo amanhecer.
Porém, abre o sinal, e tudo volta ao normal.

(Então) Dirijo. É bom prestar muita atenção
pra evitar a colisão.
E assim eu não consigo ver:
da árvore as folhas vão cair.
(Então) Começo a perceber,
viver não é o mesmo que existir.


Rio, fevereiro de 1994
Aluizio Rezende
Enviado por Aluizio Rezende em 29/11/2006
Código do texto: T304348

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aluizio Rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
6596 textos (144486 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 12:54)