Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sentada a beira do caminho

Sentamos no degrau, escolhemos não mais avançar
Se para nesta vida nós nos encontrarmos e logo depois nos separarmos, melhor esperar....
Será que tu te sentaras a esquerda e eu a direita
Ou vice versa nesta opereta que se tornou a nossa estrada
Um dia unida, outra vez separada
Grito um grito de lamento
Junto ele a tua agonia
Do desejo de um dia
Esperar a nova aurora que nunca se acabará
No sentido da marcha que não para
Sermos elos da mesma corrente
Completando o ciclo nesta nau
Conseguirmos com toda a nossa alegria
Adormecer abraçados
E nunca mais sermos chamados
Para viver fora dos nossos anéis
Onde não seremos dois
Mas novamente um.....
Wanda Ayala
Enviado por Wanda Ayala em 30/07/2005
Código do texto: T39041

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Wanda Ayala-www.recantodasletras,.uol.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Wanda Ayala
Portugal
425 textos (36700 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 01:20)
Wanda Ayala