Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ETÉREO-ETERNO-SOM

A voz vagueia no alabastro
Róseo, o céu se perde
Os amores esquecidos
A porta semi-cerrada
A vida esquecida

Os montes reluzem
O sol escaldante da dor
A sorte encontra a morte
Na esperança do reencontro

Salvem-se todos !
Guias do ocaso infinito
Luzes do interior buscam aquém
o além - vidas renovadas,
suspiros etéreos

A morte chega, inspira alguém
A alma levita. Édipo canta
Sófocles escreve
Quem és se não existes ?
Corpo tombado - dor sobrepuja
A voz se cala
Corpo inerte, alma libertada
Que novas vidas esperas viver ?
Fim do poente
Luz das estrelas - Paz !
Beth Muniz
Enviado por Beth Muniz em 05/08/2005
Reeditado em 05/08/2005
Código do texto: T40621

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Este texto pode ser reproduzido e enviado, desde que o nome do autor seja citado.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Beth Muniz
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil, 55 anos
20 textos (1764 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 17:59)
Beth Muniz