Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O esquisito

Um flagelo maltrapilho,
Assim é o amor escondido,
Na vida de um andarilho,
Que cai em seu destino.

A felicidade se camufla,
Para dele se esconder,
A dor se camufla,
Para nele se perder.

E segue seu caminho,
Lado a lado consigo,
Na sua jornada sozinho,
Em sua solidão abrigo.

Alma gêmea que inda não existe,
E se existira não há como saber,
Mesmo assim ele insiste,
Num caminho que sabe, que há de se perder
Gustavo Fernandes
Enviado por Gustavo Fernandes em 12/10/2005
Código do texto: T59099
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gustavo Fernandes
Olinda - Pernambuco - Brasil, 34 anos
55 textos (2017 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 04:58)
Gustavo Fernandes