Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VAZIO

Às vezes parece tudo vazio:
O ambiente, o tempo e eu...
Parece que cheguei próximo ao rio
Entre o material e o eterno.
O material, aliás, também é eterno,
Apenas se transforma...

Parece que todos sumiram
E foram para a festança,
Promovida pelos porcos e urubus,
Que, aliás, também são nossos irmãos,
Embora eu não queira compartilhar
Do mesmo alimento que eles comem...

Às vezes parece tudo vazio:
O ambiente, o tempo e eu...
Mas é apenas a voz do Sábio
Que sussurra em meu ouvido...
É apenas a voz do meu irmão
Silêncio...

Andrade Sucupira Filho
Vitória - ES - 21 de julho de 2005 - 23h20min.
Andrade Sucupira Filho
Enviado por Andrade Sucupira Filho em 26/08/2007
Reeditado em 24/02/2012
Código do texto: T625066
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Andrade Sucupira Filho
Vila Velha - Espírito Santo - Brasil, 63 anos
29 textos (1975 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 07:34)
Andrade Sucupira Filho