Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

INÍCIOS

O dia está só começando
Ainda que os ventos soprem
Que tragam novos valores
Ainda que a chuva lave
Mágoas, ódios e amores
Ainda que o sol caminhe
Atravessando o horizonte
Melhor estar sempre acordando
Porque o dia está começando

O dia está só começando
Mesmo que os anos voem
Mesmo que passem os séculos
Mesmo que venha a velhice
Melhor renascer por segundo
Melhor acordar para o mundo
Pois mesmo o tempo passando
O dia estará começando

O dia está só começando
Ainda que noites venham
Que trevas cubram as luzes
Que cinzas sucedam carnes
Ainda que novas ramas
Germinem do chão de húmus
E em céleres mutações
Espalhem-se em folhas secas
Derrubem velhos cipós
Mesmo nas despedidas
Nos enterros dos avós
Melhor prosseguir respirando
Porque o dia está começando.

O dia está só começando
Mesmo nos últimos dias
Se as geleiras derreterem
Se os mares nos afogarem
E se os vulcões estourarem
Mesmo no apocalipse
Mesmo no som das trombetas
Dos anjos enfileirados
É melhor seguir andando
É melhor seguir amando
Que ainda que a morte venha

O dia estará começando...
Oldney Lopes
Enviado por Oldney Lopes em 15/09/2007
Reeditado em 19/11/2007
Código do texto: T653996

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Oldney Lopes - www.oldney.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Oldney Lopes
Brumadinho - Minas Gerais - Brasil
323 textos (64586 leituras)
4 e-livros (1241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 19:56)
Oldney Lopes

Site do Escritor