Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Altas horas

Na profundeza do vale vagueio,
Seguindo tuas pegadas na areia
Ouço canto da passarada
Que nos galhos das arvores
Ponteia, sinto o cheiro da rosa nesse
Corpo sereia.

Ouço ainda a canção das águas
Em sinfonia de longe a tocar
Sobre pedras o riacho atravesso
Para d’outro lado te encontrar.
Me sinto um menino, no sonho te vejo
Sorrindo, correndo para me abraçar.

São altas horas e agora como proceder
Permanecer parado amar ser amado
Até o dia amanhecer ou acordar
Para a realidade sem esse sonho
Perecer? Diga amor, com todas as palavras,
Por onde anda você!
R J Cardoso
Enviado por R J Cardoso em 21/09/2007
Reeditado em 21/09/2007
Código do texto: T661688
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
R J Cardoso
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
3135 textos (81498 leituras)
2 e-livros (415 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 08:46)
R J Cardoso

Site do Escritor