Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FLASH BACK E(MOTIVO)
Juliana Valis



Recordo, por vezes, de emoções inconcretas,

Pelas paredes da alma, minhas telas de luz,

Sem calma, flutuam pelas brisas discretas,

Imprecisas miragens que essa vida produz...



E no clarão das imagens perdidas ao vento,

Meu sentimento deflui de cada sol que me vê,

Enquanto o tempo não passa neste filme tão lento,

No cinema do sonho que transborda em você...



Não calcule sentido, meu amor, na emoção,

Que percorre sua alma sem qualquer matemática,

Entre passado e futuro, eis que os atos se vão,

Nos ingratos resquícios de uma brisa simpática...



Tampouco exija, na finitude da vida,

Qualquer exata resposta ao que sempre falhou,

Na sensata vertigem que o tempo elucida,

A imprecisão é um símbolo entre o vento e a dor...



Ah, sentimento abstrato, entre tudo e mais nada,

Peço-lhe um simples momento de fé e de cor !

Eu acalento lembranças que o sonho me brada,

Reminiscências da alma, perquirindo o amor.
Juliana Silva Valis
Enviado por Juliana Silva Valis em 21/09/2007
Reeditado em 21/09/2007
Código do texto: T662114

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Juliana Silva Valis
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 33 anos
3973 textos (881738 leituras)
4 e-livros (1863 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 11:07)
Juliana Silva Valis