Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nú!


Estou nú.
E tu, por que te escondes?
Por que te vestes
Com tantas roupas?

Eu sou nú
Não uso nada que não seja
Nem tenho nada que em mim não esteja
Completamente nú!

Fiz-me cru e tu?
Por que não te fazes?
Para que vestes audazes?
Sabes que é belo o ser humano nú?

Estou nú, nasci nú!
Mas vesti-me um dia desses trajes
E aos poucos senti as inúmeras necessidades
De despir-me e fazer-me nú e cru

O nú, é tão mais bonito
Tão mais sincero e infinito
Tuas roupas me mostram um nú inibido
Absolutamente fingido
E não me mostram de verdade quem és tu!

Prefiro o nú!
No nú, te vejo cru
Que é muito mais interessante
Que tuas vestimentas
Que me transmitem algo enervante:

Me mostra que és elegante
Que és o que à maioria agrada
Me mostra que talvez até tentas
Mas não dizes de verdade quem és tu!

Acredito no nú!
Quem se disfarça usa nome
Usa trajes e muitas vestes pesadas
Eu simplesmente grito e fico nú!

Não acredito em mais nada
Não acredito em vestimenta criada
Só acredito no nú
Nú, te fazes cru!

Eu sou nú!
E cru!
E tu?
És nú?

Ulrich Hinteseher
Enviado por Ulrich Hinteseher em 24/09/2007
Reeditado em 24/09/2007
Código do texto: T665736

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ulrich Hinteseher
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 37 anos
163 textos (22324 leituras)
7 áudios (3433 audições)
7 e-livros (336 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 03:45)
Ulrich Hinteseher