Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Enófilo Caminho


Tantos são os alimentos da alma
Mas eu preciso a presença da fome
Tantos são os benefícios da calma
Mas eu preciso viver um pouco mais de violência
Tantas são as bravuras da paciência
Mas eu preciso viver em turbulência

Não preciso da ausência
Arquitetando o meu estado lógico
Não preciso, da sobrevivência,
Esse quê de metódico

Eu preciso sair do universo contínuo
Desarrumar as gavetas
Dançar o último rock
E perder-me no nada de uma esquina qualquer
De algum lugar não exímio
Eu preciso estar inebriante
Preciso ser outro de mim a cada instante

Pois tão pouco quis que acabei só querendo
Tão pouco amei que acabei não vivendo
Tão pouco chorei que acabei não sofrendo

E agora minha alma precisa experimentar outros drinks
Precisa se pintar de outras cores que não sejam tons de pink
Eu preciso viver todas as dores
Experimentar os desamores
Para só então lembrar das flores
Preciso cravar em minha pele todas as farpas
Para entender a vida não como adivinho
Preciso beber vinagre
Para entender o sabor do vinho
Blog Dois Pernods
Enviado por Blog Dois Pernods em 31/10/2007
Reeditado em 31/10/2007
Código do texto: T717425

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Blog Dois Pernods
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 38 anos
166 textos (22581 leituras)
7 áudios (3437 audições)
7 e-livros (336 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 20:58)
Blog Dois Pernods