Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O homem transcedental

Quero atingir a Iluminação...

Escrevo, observando as espirais
Da fumaça de um cigarro quimérico
Vejo essas mesmas fumarolas
Dando voltas e desaparecendo.

Fiz um estudo, fiz meus cálculos...

Percebi naquele instante
Como a vida humana se dissipa
Com os vapores eternos do Tempo
Que, tal qual sua crueldade e justiça
Há de terminar a determinação absoluta
Após encerrar a minha luta.

Tentei ter uma alma, juro que tentei
Mas como saber se essa alma
Não é apenas pensamento?

Fiz minhas reflexões acerca da morte
Tentei dar a ti um pouco de sorte
Tudo que tentei ter nessa vida
Tirado por ti tenebrosa e tétrica
Juíza dos meus atos mais tristes
Onde eu, solitário
Pareço um morto, talvez mais vivo
Por que penso que respiro.

Fecho minhas conclusões tentando entender como posso
Atingir o mais alto nível
Sem mudar a minha convicção
Sem deixar de seu ateu
da própria humanidade?

Quero entender como um ser inconclusivo
Pode atingir a maioridade
Sem ser esmagado por sua própria fragilidade?

Quero apenas fechar meus olhos em paz e morrer...
Fabio Melo
Enviado por Fabio Melo em 02/11/2007
Código do texto: T721126

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fabio Melo
Santo André - São Paulo - Brasil, 33 anos
799 textos (270447 leituras)
6 áudios (1651 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 04:22)
Fabio Melo