Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Proseando com o Silêncio



Proseando com o Silêncio

Ouça o que o silencio te diz !
Quem sabe, ele te fale, que em silêncio
Consegues  ouvir o canto das Chamas Gêmeas .
Que trás  recordações  e te eleva.
Ouça  no silêncio,
O som das ondas quebrando suavemente na praia,
Mas que seja daquela praia
Que mora nos teus sonhos.
Ouça o planar harmonioso das gaivotas,
Te acomode em suas asas, e ouça o som do vento.
Voe para o infinito do teu ser
Para que possas ouvir o que o vento te diz.
Viaje com ele pelos bosques,
Ouça o nascer colorido das flores,
Ouça a alegria do beija flor
Diante da beleza que a mãe natureza
Lhe oferece como alimento.
Feche os olhos e ouça teu coração  !
Quem sabe consigas ouvi-lo.
Porque no silêncio ele fica em paz.
Ouça o que ele diz !
Ouça o silencio e verás
Que até as lagrimas se calam
Para ouvir o próprio som silêncioso
Aquiete, ouvindo o tom rosado
Do por do sol.
Ouça no tilintar suave da chuva
A transparência  de um amor distante.
Em silêncio,
Veja o brilho prateado da Lua Cheia,
Levante tua espada e
Permita que este brilho
Prateado e misterioso
Inunde silênciosamente tua alma
Ouça o linguajar mudo deste encontro.
Quando em silêncio falam
Da unicidade amorosa que existe
Na espera da Chama Gêmea
Ouça o silencio.
E ouvirás o canto da Chama Gêmea
Ouça o silêncio
E encontraras o sábio que vive em ti.

Jbazani

Buscadora
Enviado por Buscadora em 17/11/2005
Código do texto: T72642
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Buscadora
Imbituba - Santa Catarina - Brasil
57 textos (3886 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:52)
Buscadora