Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A MORTE DOS RIOS...




Nasce uma cidade
Morre um rio
Morre os campos
Morre as Campinas
Desaparece a várzea
Morre os alimentos
Morre a lembrança
Na alma do tempo.
Chega o progresso
Aterrando as fontes
Mudando a paisagem
Na ganância gigante
Sem freio
Sem verbo.
Morre a historia
No grito dos peixes
No cheiro da química
No acaso perfeito
Ali tudo muda...
Na margem oposta
A riqueza aflora
No contraste maldito
A pobreza sem voz
Pisando no solo
Na vida sem fios
Sem mesmo saber
Que ali foi um rio.
luizpoetista
Enviado por luizpoetista em 13/11/2007
Código do texto: T735140
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
luizpoetista
São Paulo - São Paulo - Brasil, 60 anos
1425 textos (105483 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 19:58)
luizpoetista