Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

com o pé no tablado

me olha porque sou loura
também poderia ser negra
mas tudo talvez no lugar
por certo há de lhe agradar
bunda, seios, quadris
coxas bem proporcionadas
não é ele apenas quem diz
também delas ouço piadas
a roupa que uso decora
meu corpo por estar na moda
quem é que com ela namora?
com quem que será que se deita?
como será a genitália?
com pelos, sem pelos, e o grelo?
terá ereção proeminente?
vê se isso é coisa de gente!
é assim que eles reagem

sei como são esses homens
pros sonhos que lhes acometem
sei como são esses machos
alguns verdadeiros capachos
pros sonhos que depois esquecem
e nós, as sedentas mulheres,
mais de vaidades que sonhos
mantemos o pé no tablado
mas nunca deixamos de lado
os homens que nos apetecem

             
Rio, 14/11/2007
Aluizio Rezende
Enviado por Aluizio Rezende em 15/11/2007
Código do texto: T737748

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aluizio Rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
6796 textos (147210 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/17 22:49)