Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AS OUTRAS MULHERES EM MIM

           



              Onde estarão as outras mulheres,
              aquelas tantas que usaram meu rosto
              pra sorrir ou pra chorar,
              ou simplesmente  moveram meu corpo
              pelas trilhas em busca de amor?

              Onde estarão agora em que espaço,
              como bonecas deixadas nos sótãos,
              cujas donas já cresceram?
              O corpo onde ora eu vivo,
              já foi de tantas mulheres,
              e a muitos homens amou,
              entretanto, estando comigo,
              enfim, me pertencerá?

              Quem eu fui na vida afora,
              aparece nas suas marcas ,
              mas  os erros cometidos
              já não me pertencem mais!
              Estão com outras guardados,
              congelados nas dobras do tempo,
              contando histórias ao vento,
              umas boas, outras más,
              e a cada dia que nasce,
              sou nova em velha embalagem,
              novos olhos, novos rumos,
              e a elas que me viveram,
              o passado lhes pertence,
              pra ser guardado no sótão,
              com os erros e os acertos,
              que não me dizem mais nada,
              a não ser que eu siga em frente!
             
              E o passado resta esquecido
              com suas trilhas circulares,
              com seus caminhos fechados,
              em cenários desbotados.
              E se errei aos olhos do mundo,
              aquela que estava em mim,
              ficou pra trás com sua mancha,
              chorando e pedindo perdão...
              pois novos dias nasceram
              e se fizeram urgentes,
              e com eles novos olhares
              beberam em linda nascente.

              O corpo onde ora eu vivo,
              já foi de tantas mulheres,
              e a muitos homens amou,
              entretanto, estando comigo,
              enfim, me pertencerá?

             
               
             
             
             
             
             
             
             
tania orsi vargas
Enviado por tania orsi vargas em 30/11/2007
Reeditado em 23/05/2011
Código do texto: T758666
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
tania orsi vargas
Taquara - Rio Grande do Sul - Brasil
772 textos (51495 leituras)
4 áudios (521 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 05:24)
tania orsi vargas