Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMENDOIM DE CABO A RABO

QUEM VAI QUERER?

Temos pra todo gosto,
cura todos do desgosto
de achá-lo de mau gosto!


AMENDOIM FRESQUINHO

É novo, acabou de chegar,
mas se ninguém o traçar
com o tempo vai estragar!


AMENDOIM DE ITAPARARICA
 
Sem ele o velho não fica.
Levanta quem doente fica,
levanta a cansada... chega!


AMENDOIM PRA BAIANO

Que diz que dele não precisa,
mas que talvez por preguiça,
na "HORA AGÁ" nem se atiça!


AMENDOIM MINEIRINHO

Come quieto, é mineiro.
Silenciosamente façeiro
a comer o mundo inteiro!


AMENDOIM DANADINHO

Danado de dar tesão.
Dando muita excitação
que dane-se a menstruação!


AMENDOIM TARADINHO

Além de poderoso
sabe ser gostoso
faz até apaixonar


AMENDOIM CARIOCA

Além de ser torrado
Vem acompanhado
de uma loura gelada


AMENDOIM TORRADINHO I

Ela nunca se esgoela.
Cansada, mas ainda apela
pro Torradinho lhe esquentar!


AMENDOIM TORRADINHO II

Cantado em versos de vigor.
Quando nasci Silvia cantou,
a pouco foi Ney quem regravou.


E NOVE MESES DEPOIS...

Abuse, mas não descuide,
pra depois não reclamar:
- O seu Efeito Estufa!

[Apologia ao consumo do Amendoim, com 10 poetrix-apoio e 1 poetrix-efeito, escrito em dueto com a amiga ROSE DE CASTRO 'A POETA', a quem agradeço pelo carinho e parceria]
Aldo Lopes
Enviado por Aldo Lopes em 09/06/2006
Reeditado em 09/06/2006
Código do texto: T172080

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Aldo Lopes). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aldo Lopes
São Paulo - São Paulo - Brasil, 60 anos
416 textos (37921 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 20:00)
Aldo Lopes