Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PÁSSAROS DO ANOURÁ - Poetrix - 9ª TRÍADE

A PRESENÇA DO POETA
Esplêndido dia;
alhures Drummond recita
alguma poesia.

O DESCANSO ETERNO DE MINHA MÃE
Minha mãe continha
sofridas mãos; sofrida mãe –
descansa mãezinha!

POESIA ONDE NINGUÉM VÊ.
O musgo invade
o velho muro envergado
de poesia e idade.
Enzo Carlo Barrocco
Enviado por Enzo Carlo Barrocco em 06/07/2005
Reeditado em 16/04/2007
Código do texto: T31715
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Enzo Carlo Barrocco
Belém - Pará - Brasil, 56 anos
733 textos (134437 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 03:31)
Enzo Carlo Barrocco