Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

7 «POETRIX» DE AMOR


CHAMA

promete-me que não dormes
se eu te entregar o meu corpo
e me usares como cama

(04.11.04)


SABES

vesti-te de palavras
com o perfume da poesia
só para te despir na leitura

(3.11.04)


NA ÁGUA

eras o peixe encantando
as algas dispersas e verdes
como se penteasses os cabelos
(1.11.04)


MEU AMOR

Apanha-me uma nuvem
para esconder-te nela
Só eu posso ver-te à janela

(21.09.04)


LUA DE MEL


A tocha foi acesa
para emolar-me o coração
O teu corpo era a lenha na fogueira

(18.09.04)



CUIDADO


Haverá nos teus lábios
o sangue quente
para me queimar a língua

(17.09.04)



DESPEDIDA

amava-te ainda as favas
não eram doces como chocolate
e tinha-as já contadas

(2/11/04)



José António Gonçalves
(inéditos)


JAG
http://members.netmadeira.com/jagoncalves/
JAG
Enviado por JAG em 05/11/2005
Código do texto: T67754
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JAG
Portugal, 62 anos
117 textos (41779 leituras)
4 áudios (187 audições)
1 e-livros (28 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 16:58)
JAG