Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Noite- poesia subliminar

Noite

Morreu o dia.
Nasceu a escuridão.
Fez-se silêncio.

tetita




Noite teve fim

Morreu saudade sentida
O amor chegou.
Dia de magia florida
Nasceu da solidão que arribou.

A vida tornou-se clara
Escuridão teve fim.
Fez-se felicidade... Dor findara
Silêncio?Não!...Há brados alegres em mim

tetita/Denise Severgnini


Tetita
Enviado por Tetita em 28/10/2007
Código do texto: T713842

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tetita
Setúbal - Setúbal - Portugal
1397 textos (80113 leituras)
65 e-livros (5625 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 05:35)
Tetita