Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Números primos

1+1  2
1+2  3
1  3  5

PS: este poema pode parecer estranho à primeira vista, porque estamos sempre buscando respostas imediatas para nossos questionamentos e nem sempre isto é possível, mas se você olhar atentamente vai perceber que existe uma lógica entre os versos, pois todos os símbolos inseridos no texto são Números Primos. Portanto, o poema é possível. Por outro lado, representa uma figura geométrica - o retângulo. Isto deixa claro que houve uma preocupação com a estética, dando ao poema, um efeito visual diferenciado.

O que é que quero mostrar com tudo isto? Provavelmente nem eu mesmo saiba responder. A poesia é tudo e, ao mesmo tempo, é nada.

Quando olhamos para estes números da forma como estão colocados, já nos vem à cabeça que 1+1 é igual a dois e que 1+2 é igual a três. Isto nos tira toda e qualquer possibilidade de acreditar que 1 e 3 poderão, um dia, vir a ser algo diferente de quatro, assim como 1, 3 e 5, possam vir a ser apenas o elemento químico 135 da Tabela Periódica, se é que ele existe!

Viva a poesia!!!
Pedro Cardoso DF
Enviado por Pedro Cardoso DF em 31/10/2007
Reeditado em 31/10/2007
Código do texto: T717772
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pedro Cardoso DF
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 69 anos
4458 textos (97863 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 14:43)
Pedro Cardoso DF