Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

simples assim

simples assim
 
simples assim...
a brisa noturna
acaricia as pétalas das rosas
o orvalho que simboliza
os corações entristecidos
que choram de saudades
as estrelas brincando de roda
a lua estática no ceu escuro
até que o romper do dia apareça
e dramáticamente mude tudo
simples assim...
é o dia
quente e repleto de alucinações
vida tumultuadas e loucas
nas idas e voltas do destino faceiro
simples assim...
vou escrevendo meus versos
poemas e rimas
desabafar dos poetas enquanto toda cidade dorme
simples assim...
o universo conspira a favor do senhor do tempo
até que a vida complete simplesmente seu ciclo!
JR POETA
Enviado por JR POETA em 01/11/2007
Reeditado em 01/11/2007
Código do texto: T718434
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JR POETA
Araraquara - São Paulo - Brasil
356 textos (23231 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 06:57)
JR POETA