Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Procura

Cresce em meu peito este vil amor,
Que transmite intenso e estranho calor,
Que já há tempo o coração habita,
Tão intenso quanto o mar, revolto e infinito,
Desesperado e louco, assim como é o grito.


Só precisava que um olhar destemido,
Enxugasse o choro desse amor aflito,
Que de tanta espera enveredou do ninho,
A procura do rastro de um olhar sozinho.


E pelo mundo segue a eufonia,
Infeliz e solitário, sem amparo que queria,
Segue e cresce desdenhoso amor,
Que pra muitos  é dádiva,
Mas pra mim, é dor.
sofer
Enviado por sofer em 30/01/2006
Código do texto: T106063
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
sofer
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, 60 anos
29 textos (909 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 20:28)
sofer