Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
O Dom de Silenciar....

Silencio é aquele;
Que repara os erros..
Que enxuga as lágrimas..
Que apara as arestas..
Que fecha feridas..
Que induz ao raciocínio..
Que se sai da escuridão da ignorância,
Com a permissão da luz e o despertar da
Confiança!

Silencio..
É aquele que desativa todos os sentidos!

Silencio dolorido, é aquele que;
Querendo falar... não se fala!
Querendo ouvir... não se ouve!
Querendo ver... não se ver!
Querendo tocar... não se toca!

Silencio não machuca,
Não se sente dor... Apenas pressente todo
O desejo latente e perdido de um coração triste
E reprimido!

Às vezes silenciar é preciso, para que o pensamento flua!
Para que possamos compreender cada erro.. cada falha!
E a alma arrependida se destila e depura concebendo o
Dom do perdão e da Graça!

Silenciar é preciso...
Para que se faça compreender a razão sobre a emoção!

Silenciar é preciso...
Para que todas as ofensas desapareçam!
Para que todas as duvidas sejam transformadas em confiança...
E que todas as confianças se convertam em esperanças!

Silenciar é preciso...
Para que todos os sentimentos perdidos sejam recuperados
Na certeza de uma alegria docemente renovada!!

Um pouco do silencio para que eu me recorde de ti!
De cada momento...
De cada sentimento...
De cada beijo tímido...

Um pouco mais de silencio...
Para que eu possa entender o motivo que
Levou nossas almas a se separar pelo mesmo
Destino que as uniu!

Silencio eu faço,
Quando diante de um suculento
Morango, me recordo do desejo que
Nesta alma marcou..

Em meio ao silencio,
Contemplo a lua cheia e me recordo de
Cada pensamento elevado a ela, afim de lhe
Retransmitir meu amor por ti...

Em meio a silencio,
Eu contemplei o mar em repouso,
E me lembrei da suavidade e a doçura
De seus abraços...

Em meio ao silencio,
Contemplo o nascimento do sol e me lembro
Do esplendor de tua alma!

Em meio ao silencio,
Recordo cada toque...
Cada carinho feito em tua pele...
Minhas mãos desenhando seu rosto no
Espaço...
Recordo o calor dos teus lábios,
Ao fechar meus olhos e a me embriagar ao
Silencio do mundo.. sinto ainda o toque quente
E úmido dos teus lábios em meus lábios...

Ainda recordo dentro do silencio,
Cada diálogo contigo...
Cada lugar onde junto caminhamos...
E da energia boa de tuas mãos apertando
As minhas...

E este silencio hoje,
Devora cada dia...
Cada hora...
Cada minuto...

E no meu silencio,
A dor e a solidão não serão notadas!
E nem deixarei exposto minha saudade..

No meu silencio,
Recordarei a tua doce existência,
Como um SOL BRILHANDO,
Em minha ALMA!!!




(Nascido em 05/01/2006, ás 20:48hs.)

********************************************************
Todos os textos que aqui estão são de minha autoria,
devidamente registrados em meu nome.

MONE CARMO
********************************************************
Mone TCarmo
Enviado por Mone TCarmo em 14/02/2006
Reeditado em 10/04/2011
Código do texto: T111664
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Direitos autorais à Simone Teixeira do Carmo) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mone TCarmo
Belém - Pará - Brasil, 37 anos
2862 textos (287288 leituras)
56 áudios (8739 audições)
4 e-livros (918 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:37)
Mone TCarmo