Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UM NOVO DIA

Evaldo da Veiga



Mais um pouquinho estará clareando!

Ainda está escuro, mas já é outro dia.
Óbvio, o óbvio de sempre...

O Óbvio dos dias o óbvio da vida...

Ah... a sinfonia dos números: hoje 11 amanhã 12...
não termina nunca...

Curioso é o dia começar no escuro.
Sempre senti que deveria ser no amanhecer.

Sentir é uma coisa, saber é outra.
Mas só se sabe se sentir.

Tantas ilusões além dela, a de ótica.
Às vezes não é ilusão, é realidade.

Mas como saber? Caminhar no claro é mais seguro?
Não é segurança que se deve buscar,
ou se buscamos, tem que ser depois do encanto.

Andar no claro se ver melhor a vida, tem mais beleza!
Se isso não for uma ilusão...

Porque caminhar a noite tem as estrelas,
a lua, os planetas...

É, mas tem o bicho Papão que medra a gente...

Não existe Bicho Papão!!!

É... mas se bicho Papão não é verdade,
O que é verdade então?



evaldodaveiga@yahoo.com.br

Evaldo da Veiga
Enviado por Evaldo da Veiga em 16/02/2006
Reeditado em 15/04/2007
Código do texto: T112459

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Evaldo da Veiga
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 73 anos
952 textos (313602 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 12:08)
Evaldo da Veiga