Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

É QUE NÃO POSSO DIZER

Evaldo da Veiga



Não é que eu não queira, é que não posso dizer.

A música é o som sublime e sua ausência entristece.

Caminhei em busca da melodia e encontrei-a,

mas não consegui transmitir ...

Num misto de tristeza e esperança tênue,
 
busco algo que compense a deficiência, 

não queria estar incompleto pra você.

Eu não quero dizer de tristezas, só de alegrias,

mas na deficiência que machuca agora,

como dizer?

Se eu  queria cantar uma canção pra você...



evaldodaveiga@yahoo.com.br



Ps. Perdi a voz em fevereiro de 1995 e
somente  no final de 2002 consegui falar através de aparelho.
Muita gente deve pensar assim:    que triste
falar através de aparelho. Mas para quem ficou
quase oito anos em silêncio, sabe que isso
 melhora muito a qualidade de vida,
que isso é uma conquista
Evaldo
Evaldo da Veiga
Enviado por Evaldo da Veiga em 23/02/2006
Reeditado em 02/10/2011
Código do texto: T115438

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Evaldo da Veiga
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 73 anos
952 textos (313607 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 22:51)
Evaldo da Veiga