Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A FELICIDADE E OS RATOS


               Deve ser coisa da idade. Em tempos outros, injustiça não passava batido. Agora, causa-me apenas tristeza, nem tanto pela injustiça em si, mas pelo injusto, que só por sê-lo é certamente digno de compaixão.
              Intriga e fofoca também não passava sem o justo revide. Hoje, além de uma certa náusea, traz-me uma sensação de profundo pesar pela infelicidade que certamente assola o coração de quem as produz. 
              Injustos, fazedores de intrigas e de fofocas: algo em comum? Muito. Raramente haverá uma fofoca ou intriga que tenha alguma justificativa. Algo de justo. É o mero prazer de destruir e causar dano. 
              Ratos. Isso: são ratos de porão. Seres que caminham em labirintos escuros e se alimentam de dejetos. Muitas vezes os seus próprios, resultantes da mastigação constante de sua pequenez e da inveja que os corrói.
             A luz, ainda que uma réstia que lhes invada o esconderijo, causa-lhes mal. Felicidade de outros é luz.  Não podem com ela. É preciso que todos caminhem na mesma escuridão que lhes é peculiar para que estejam felizes. Tento, mas não entendo.
            É coisa da idade, com certeza. Nem raiva ou algo parecido consigo sentir diante dos ratos. Nem mesmo vontade de esmagá-los como se faz com bichos dessa natureza. Só tristeza mesmo. E não adianta matar um: ratos e baratas são coisas que se proliferam muito rapidamente. Só a luz pode detê-los. Ou incomodá-los ainda mais.
             Mas há gente feliz e iluminada. E felicidade incomoda.
Débora Denadai
Enviado por Débora Denadai em 03/03/2006
Reeditado em 03/03/2006
Código do texto: T118209

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Débora Denadai
Caracas - Distrito Federal - Venezuela, 54 anos
722 textos (154037 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 10:49)
Débora Denadai

Site do Escritor