Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mas ainda há a hipótese de horizontes tangíveis
apesar do inquietante resfolegar das horas.

Há o silêncio nutriente a aclarar os obscuros vãos do
pensamento daqueles que buscam uma fagulha de sabedoria.

Há o fluir das águas límpidas que nos navegam dentro e
você pode chamar isso de voz divina.

Há um ínfimo de segundo onde caberiam todos os
mistérios da vida. E todos os risos também.

Há o percorrer dos espinhosos caminhos em busca da
revelação do nosso íntimo Graal.

Há a eloquência dos fatos enganosos que precisamos
avaliar minuciosamente antes de cada movimento.

Há o poder imperioso da vida a ecoar em vibratto nas
rubras e líquidas vias que nos percorrem e alimentam.

Há a percepção involuntária e inexplicável daquilo
que nos é absolutamente necessário.

Há uma profunda certeza que insistimos em não admitir,
imaginando que isso nos tornará vulneráveis à dor,
mas isso é uma ponte que nos levará a uma existência
de previsível mornidão, e isso sim devemos temer.

Há aquilo que devemos confessar humildes e sinceros
como crianças antes que se esgotem em nós todos os sons.

Há ainda as virtudes legítimas dos sentidos, que nos
reclamam no foro das insônias e protestam pelo não
exercício de nossos mais densos desejos.

Mas ainda há o Amor, infalível oráculo, esse ...

Claudia Gadini
04.02.06
Claudia Gadini
Enviado por Claudia Gadini em 04/03/2006
Reeditado em 08/03/2007
Código do texto: T118816

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Claudias Gadini). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Claudia Gadini
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
318 textos (54196 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 10:11)
Claudia Gadini