Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                        Você
Rosa Pena

                                 

Caso eu afirmasse que nasci ontem, você me iniciaria na vida? Caso eu jurasse que ainda não aprendi a andar, você me daria suas mãos? Caso eu tivesse receio de ir pela primeira vez à escola, você prometeria fazer vigília na porta? Caso eu teimasse em não comer espinafre, você mandaria todos pro Popeye? Caso eu chorasse os cravos que nasceram em meu nariz, você os espremeria com carinho? Caso eu afundasse no meu primeiro mergulho, você me traria de volta à tona? Caso eu avisasse que ainda sou mocinha, você me desvirginaria para vida? Caso eu alardeasse, cheia de vaidade, que sou a mulher maravilha, você ainda assim me aplaudiria? Caso eu gritasse que meu rosto sempre foi um desgosto, você diria que todos os espelhos são mentirosos? Caso eu anoitecesse de repente você continuaria me vendo sol nascente? Caso eu chorasse porque o perdi, você avisaria que foi só um pesadelo bobo? Caso, eu fingindo que foi por acaso, o convocasse para ser só um pouquinho meu, você consentiria?
Caso, já no ocaso, eu o pedisse novamente em casamento você responderia caso?

— Quando foi que deixei de ser só de Você?

 
Rosa Pena
Enviado por Rosa Pena em 05/03/2006
Reeditado em 06/05/2014
Código do texto: T119026
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Rosa Pena
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
960 textos (1415192 leituras)
48 áudios (24765 audições)
33 e-livros (29000 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 10:33)
Rosa Pena

Site do Escritor