Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PELE DE TAPUIA

PELE DE TAPUIA
"...És e serás infinito - como a brisa que bate no rosto no caminhar
diário a beira mar.À noite quando me deito - imagino num sussurro
de olhos fechados os encontros, os enganos, e a saudade que sinto
de ti. Vejo-te dormindo no meu silêncio da penumbra do
quarto de quatro paredes. É como se tu fosses uma sombra
da minha, um homem cansado de tanta lida - de tanta luta.
Eu te amo assim em meus lençóis todas as noites, mesmo que
não me vejas. Acarinho-te em pensamentos e com o desejo
latente na pele que um dia provastes."
Poética
Poética
Enviado por Poética em 06/03/2006
Código do texto: T119531
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Poética
João Pessoa - Paraíba - Brasil
39 textos (3223 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:45)
Poética