Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Com tudo


Com toda luta, com toda dor, amo viver.
Com todas as brigas arrependidas, amo viver.
Com toda história, toda saudade, amo viver.
Com todo sonho já consertado, amo viver.

Com tudo que não posso, tudo que suporto, amo viver.
Com tudo que deixei, tudo que perdi, amo viver.

Com toda desavença e todas discrepâncias, amo viver.
Com toda mágoa, com toda estrada, amo viver.
Com todo medo, todo desprezo, amo viver.

Com tudo o que fui, tudo o que sou e ainda serei, amo viver.
Com tudo que me cerca, me atrapalha e me aborrece, amo viver.
Com tudo o que é real ou imagino, me apavora, não me consola, amo viver.
                                                           
Amo minha vida, tua vida, dentro de teus sins e teus nãos.
Amo a vida que silenciosa corre entre nós, exuberante, desapegada de nossos sentimentos apreensivos e nosso tenso pensar.

Amo a vida com o mar e qualquer céu que contemplo todo dia.
Amo a terra que piso, a nuvem de algodão, o sol do verão.
Amo a areia fina que escorre entre meus dedos.
Amo a vida no batimento cúmplice do meu coração.

Com tudo que não foi, com tudo que poderia, com tudo que me foge, amo viver.
Com toda confusão, com toda insolação, com toda rouquidão, amo viver.

Amo a vida que corre descontraída entre nós, despercebida, rodopiando, feito criança em parque de diversão.
Amo a vida com tudo o que me foi dado e tudo de que fui privado.

Por fim, amo o fôlego que corre em meus pulmões...

 

Josué Mendonça
Enviado por Josué Mendonça em 09/03/2006
Código do texto: T120886
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Josué Mendonça
Salvador - Bahia - Brasil, 36 anos
52 textos (2263 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 08:39)