Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Momento Esotérico

De olhos fechados,
Inspirei de uma só vez,
Precisava de todo o ar nos pulmões,
Sentia-me tonta e fraca...
De novo aquela sensação de perda.
Os sinos da sorte soavam em algum lar,
A brisa da tarde trazendo os sons suaves.
Olho o meu Daruma,
Penso em nós,
Desejo realizado.
No tarot a carta da Justiça e da Força,
Nas Runas Othila,
Peles antigas precisam ser mudadas...
Separação!
Na numerologia,o dois,
A Papisa me sugere:BOA SORTE.
A mãe de todos à orar por nós.
Sobre a mesa a oração,
E o tratado de Psicologia de Pichot,
Yung e a Sincronicidade.
Na antiguidade a Sacerdotisa,
Hoje Bruxa Boa,
Intuitiva,Médium,
O nome que desejar.
Meus olhos pesam,
Os fecho e inspiro
Adoro respirar! rrs
Ar,Mar,Sonhar...
Momento doce de levitar,
Faço rimas com o AR
Momento esotérico,
Poema simples
Não quero mais complicar...

Syl Signoretti
Enviado por Syl Signoretti em 10/03/2006
Código do texto: T121230

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Syl Signoretti
Itajubá - Minas Gerais - Brasil
933 textos (89323 leituras)
76 áudios (9216 audições)
1 e-livros (309 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:33)
Syl Signoretti