Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
50



Sem medo

Há dias em que o sol se esconde, tristes nuvens rondam, 

fazendo ironia da minha frágil felicidade.

Então choro, porque me percebo frágil mesmo. 
E temo pelos rumos da minha vida, e por um futuro incerto.

Tenho mesmo planos, ou apenas sonho? 
Que passos dei na direção deste? Estarei sonhando sozinha?

E mais! "Que direito tinha eu, de sonhar?"

Perco-me em divagações,
num mundo feito de pontos de interrogação.

Então você chega, me sorri seu melhor sorriso,
me chama de Meu Amor...

Rapidamente as nuvens dissipam-se, o sol brilha radiante, 

e não há incerteza que resista.

O  amor  que você me oferece, é mais do que preciso.
Sou feliz hoje, e o amanhã a Deus pertence. 

Quando estou com você, estou sempre segura, sempre em paz.
E já nem lembro que um dia, senti tanto medo. 

Eu Te Amo...



     33papo0.gif33papo0.gif              
Carinhosa
Enviado por Carinhosa em 22/03/2006
Reeditado em 19/03/2013
Código do texto: T126945
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Carinhosa
Curitiba - Paraná - Brasil
657 textos (164704 leituras)
3 e-livros (397 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 08:53)
Carinhosa