Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Chora, Coração!

Se eu pudesse dizer ao meu coração pára e deixa-me viver dos momentos que inundam a minha mente, daqueles que secretamente me enchem de alegria, das fecundas recordações do passado em que o teu regaço e o teu abraço eram tudo o que mais desejava.

De um tempo vazio, de uma história incompleta sobra um coração despedaçado, resta um sonho rarefeito e destruido pela indecisão e pelo medo.

Da entrega e da magia que te ofereci em cada instante sobram os acordes de um coração cujos os sons parecem ecoar na mente, vozes que cantam as palavras que me fazem lembrar de ti, sitios que o tempo pode modificar mas que serão sempre nossos.

Nas lágrimas doces de amor e amargas de dor encontro o consolo para a minha tristeza, trovas de um tempo que passou e não volta.E é o chorar triste das guitarras a melhor companhia para o meu coração solitário de Ti e do teu Amor.

Nas palavras cruéis e sem sentido que me dedicas busco o significado, a essência e peço a mim mesma a força e a coragem para seguir o Céu e as Estrelas da minha vida.

Em Ti onde outrora procurei o Amor, tento encontrar o que sonhei, talvez para acreditar que foi real, talvez para nos teus olhos ver o que dantes via, para encontrar no teu perfume as sensações que o meu corpo dantes sentia, para mergulhar na tua voz e tentar ouvir o bater do teu coração...
Sonya
Enviado por Sonya em 22/03/2006
Reeditado em 03/07/2006
Código do texto: T126956
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sonya
Portugal, 34 anos
170 textos (17292 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 14:38)
Sonya