Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Final

Ando mais tranqüilo, sei lá,  acho que as possibilidades estão acabando,
O realismo está suplantando o coração.

Estou acordando de um sonho devagarinho
Colocando os pés no chão
Colocando os pontos finais
As vírgulas após as exclamações.

O coração dispara, as teclas somem, os dedos agilizam-se, a visão turva
Uma sensação ingrata, porém muito gostosa
Fica fincada igual lança no peito
Será um sortilégio, um sacrifício,
Ou um vazio...um espaço
Um buraco...um nada!!

Ou talvez, seja apenas tudo que está faltando...
Isso dói muito, só falta um trago em minha mesa,
Um cálice sagrado, de amargor.
Proteu
Enviado por Proteu em 07/04/2006
Código do texto: T135271
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Proteu
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
41 textos (2071 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 08:54)